The E.N.D

Entre Compartilhe com seus amigos nossos estudos,aqui somos uma só família Aquela que vai morar no céu. Read More

Gospel News



As noticias mais relevantes sobre o mundo gospel aqui, cantores, pastores, eventos e até mesmo fatos relevantes para o estudo, tudo isso junto no mesmo lugar nesta página..

Abaixo.............


Em entrevista ao site da revista Carta Capital, o pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) comentou a postura de políticos e líderes evangélicos, de não se juntarem ao protesto organizado pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), órgão ligado à Igreja Católica, contra a liberação do aborto em casos de anencefalia: “Esse julgamento do STF deveria estar estampado em todas as igrejas evangélicas de forma organizada, como está fazendo a Igreja Católica”, opinou.
Para o deputado, a decisão do STF pode abrir outros precedentes: “Será aberta uma brecha, principalmente, na cabeça das pessoas em relação a outras más formações. Por exemplo, se uma criança nasce com uma má formação na orelha ou nasce com síndrome de down, no futuro, as mães podem pensar que essas características gerarão traumas para a criança e optarão pelo aborto. Esse precedente não pode ser aberto. Isso não é progresso, é assassinato”.
Feliciano diz que a decisão, mesmo em casos de anencefalia, não pertence às mães, mas a Deus: “A mãe não pode ter direito à vida do filho. O bebê é outra vida e não podemos matar uma criança, as crianças não podem ser punidas. As pessoas que defendem isso (descriminalização do aborto em casos de anencefalia) são pessoas que perderam a sensibilidade. A vida é um dom de Deus. Deus dá e Deus tira.
O pastor Marco Feliciano explicou ainda que não criticou seus pares na Frente Parlamentar Evangélica, mas que o cuidado com a questão deveria ser maior: “Acredito que houve um problema de comunicação. Houve falta de acompanhamento do assunto pelos congressistas da bancada em razão de muitas pautas circularem pela Câmara e da denúncia de corrupção contra nosso companheiro de bancada Demóstenes Torres”.
Confira abaixo a íntegra da entrevista:
Caso favorável, a decisão do STF abre precedentes para outras decisões referentes ao aborto?
Marco Feliciano: Sem sombra de dúvida. Caso a decisão seja favorável à descriminalização do aborto em caso de anencefalia do feto será aberta uma brecha, principalmente, na cabeça das pessoas em relação a outras más formações.
Por exemplo, se uma criança nasce com uma má formação na orelha ou nasce com síndrome de down, no futuro, as mães podem pensar que essas características gerarão traumas para a criança e optarão pelo aborto.
Esse precedente não pode ser aberto. Isso não é progresso, é assassinato.
Esse posicionamento não negligencia o risco que a gravidez pode causar e o direito de escolha da mãe?
A vida tem que ser respeitada. A medicina pode cuidar da vida da mãe e do bebê. É uma questão de respeito à vida, de ética e de moral. A mãe não pode ter direito à vida do filho. O bebê é outra vida e não podemos matar uma criança, as crianças não podem ser punidas. As pessoas que defendem isso (descriminalização do aborto em casos de anencefalia) são pessoas que perderam a sensibilidade.
A vida é um dom de Deus. Deus dá e Deus tira.
Em um artigo, o senhor criticou a bancada evangélica a respeito da falta de posicionamento sobre o tema. Existe um racha entre os congressistas religiosos?
Não, acredito que houve um problema de comunicação. Houve falta de acompanhamento do assunto pelos congressistas da bancada em razão de muitas pautas circularem pela Câmara e da denúncia de corrupção contra nosso companheiro de bancada Demóstenes Torres.
Esse julgamento do STF deveria estar estampado em todas as igrejas evangélicas de forma organizada, como está fazendo a Igreja Católica.
Caso o STF arbitre a favor da descriminalização, existe a possibilidade do Congresso criar um Projeto de Lei para retomar o assunto?
Com certeza, o Legislativo vai se posicionar e cumprir sua função de legislar. A função do STF é de julgar de acordo com a lei criada pelo Legislativo.
Se a descriminalização for aprovada, vamos fazer barulho na Câmara e representar o desejo e a moral do povo que nos elegeu. E seja o que Deus quiser.



Marcelo Aguiar pretende convocar especialistas para CPI da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

5 de abril de 2012
Durante o período em que foi vereador na Câmara Municipal de São Paulo o deputado federal Marcelo Aguiar (PSD/SP) foi presidente da CPI da Pedofilia e Exploração Sexual e conseguiu mudanças importantes no enfrentamento a esse tipo de violência no Estado. Como suplente na CPI da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes da Câmara dos Deputados, instalada nesta terça-feira (03/04), o parlamentar pretende trazer à Brasília alguns dos especialistas que ajudaram em seu trabalho na CPI comandada por ele.
“Nosso trabalho em São Paulo foi gratificante, avançamos muito, cortamos redes de violência, descobrimos falhas no atendimento às vitimas. Acho que podemos contribuir com o trabalho que se inicia em Brasília”, acredita Marcelo Aguiar.  Alguns dos especialistas ouvidos em São Paulo já participaram de reuniões na CPI da Pedofilia que ocorreu no Senado e em outras Comissões de Inquérito no restante do País.
A CPI instaurada na Câmara dos Deputados é fruto de requerimento apresentado pela deputada Liliam Sá (PSD/RJ), escolhida relatora dos trabalhos e a deputada Erika Kokay (PT/DF) foi eleita presidenta da CPI. A CPI é baseada em denúncias e matérias veiculadas pela imprensa sobre turismo sexual e exploração sexual de menores. O prazo de funcionamento da comissão é de 120 dias.
O número de casos de exploração sexual de crianças e adolescentes só tem aumentado no Brasil. São 937 municípios com casos de exploração sexual de menores comprovada, o que representa 17% de todas as cidades do País. Dados apontam que o problema atinge especialmente meninas, mas também meninos.
Na reunião, diversos deputados manifestaram repúdio contra a recente decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de inocentar homem acusado de ter estuprado três menores, todas de 12 anos, pelo fato de elas se prostituírem.
Na próxima reunião da comissão, marcada para a terça-feira (10/04), será definido o roteiro de trabalho e analisados requerimentos de convocações e pedidos de audiências. O foco principal da CPI deve ser a formulação de políticas públicas para enfrentamento do problema.


Dezessete meninas cristãs desaparecem de escola no norte da Nigéria 
5 de abril de 2012
Possibilidade de as meninas ainda estarem vivas é pequena
Em setembro de 2011, o Ministério da Educação do Estado de Bauchi ordenou o fechamento da Escola Secundária Meninas do Governo (sigla em inglês – GGSS) em Tafawa Balewa, devido ao aumento das tensões na região norte do país nos últimos meses, nas quais igrejas foram queimadas e cristãos mortos por radicais islâmicos
Dezessete estudantes do sexo feminino (com idade entre 15-22 anos) foram transferidas para outra faculdade para meninas, distante de Tafawa Balewa e, desde então, o paradeiro delas é desconhecido. Após visitar suas filhas na “nova” escola, os pais foram informados pelas autoridades escolares que não tinham conhecimento do paradeiro dessas alunas.
De acordo com uma fonte sigilosa, este incidente não foi nenhuma surpresa para muitos crentes da região, pois o desaparecimento de meninas cristãs é muito comum no Norte da Nigéria.
Os líderes da igreja em Tafawa Balewa, que é uma cidade devastada por vários ataques por parte dos jihadistas islâmicos, estão olhando para o incidente como parte da jihad contra a comunidade cristã no Norte.
Toda a comunidade cristã de Tafawa Balewa está sofrendo com o desaparecimento das dezessete meninas. Segundo a fonte, a possibilidade de as meninas ainda estarem vivas é pequena.
No momento os líderes de igrejas da região estão planejando medidas a tomar.
Pedidos de oração
•Ore para que o Senhor fortaleça essas famílias. Ore para que o Senhor esteja no centro das suas decisões.
•Por favor, orem pelo retorno seguro das meninas para casa.
•Ore para que Deus use essa situação para fortalecer a Igreja e a comunidade cristã em geral.



Especialista fala sobre o´bum`da Música Gospel 3/12/2011


Marcelo Rebello, jornalista, publicitário e diretor de Marketing do Salão Internacional Gospel, fala sobre prós e contras do fenômeno
Recentemente, as TVs abertas estão colecionando erros e acertos na tentativa de buscar audiência apelando para a fé das pessoas. É notável o crescimento de programas voltados especificamente para o público evangélico, como “Domingo Maior” e a última tentativa da Record, “The Love School”.
Em busca do público jovem, as emissoras também apostam forte nas atrações musicais gospel. Recentemente até a emissora Globo, que nunca havia tido um programa do gênero, já confirmou um especial com cantores gospel, que inclusive, pode virar uma atração semanal.
Mas como lidar com este “bum” do mercado da fé? Como não cair em tentação em um mercado que envolve tanto dinheiro e glamour? E como manter os princípios de Deus em meio a esse novo turbilhão?
O jornalista, publicitário e diretor de Marketing do Salão Internacional Gospel e do Grupo MR1, Marcelo Rebello, 39, opina sobre o assunto de maneira contundente. Ele que já foi responsável pelo marketing e assessoria de imprensa de muitos cantores conhecidos, se apaixonou por música aos 9 anos e nunca se desvinculou dela. Seu último trabalho de destaque foi como patrocinador do concurso “Tem um cantor gospel lá em casa”, veiculado no programa Eliana, do SBT, que foi vice-líder de audiência por 2 meses seguidos, em pleno horário nobre de um domingo a tarde.
Para ele, a profissionalização do setor está em momento de reestruturação. “Hoje um CD Gospel, quando feito por profissionais, não deixa nada a desejar para qualquer outro estilo. A própria linguagem tem sofrido uma modificação, as músicas estão mais leves, mais pop...




Paquistão proíbe mensagens de texto via celular com o nome Jesus Cristo 24/11/2011

A agência de Comunicação do Paquistão vai começar a monitorar as mensagens de texto (SMS) e vai bloquear algumas com conteúdo considerado “obsceno” e entre as palavras proíbidas está o nome de Jesus Cristo.
A decisão foi anunciada nesta sexta-feira, 18, pelo porta-voz da operadora Telenor Pakistan, Anjum Nida Rahman, que explicou que a ordem faz parte de uma tentativa da agência reguladora de bloquear mensagens de spam.
Algumas palavras foram bloqueadas por serem termos sexualmente explícitos e outras por serem xingamentos como “idiota”. Na lista de palavras bloqueadas que não há uma razão óbvia está “Jesus Cristo”, “faróis dianteiros” e “absorvente”, segundo informou a Associated Press que teve acesso à lista de 1.500 palavras em inglês e também em urdu.
A carta foi datada no dia 14 de novembro e as empresas têm sete dias para garantir o cumprimento dela, bloqueando todos os SMS que conterem essas palavras. À AP o porta-voz da Telenor disse que sua empresa estava discutindo como proceder. “É uma grande questão, então está sendo examinada com cuidado por todos os pontos de vista”, disse Rahman.
A agência reguladora disse que essa ordem está baseada em uma lei de 1996 que impede que as pessoas enviem informações “falsas, fabricadas, indecentes ou obscenas” por meio de sistemas de telecomunicações. Nessa mesma lei está escrito que a liberdade de expressão pode ser restringida “pelo interesse da glória do Islã”.


Programa da Rede Record, “Domingo Espetacular” fará reportagem especial sobre “cair no espírito”13/11/2011


A rede record e televisão insiste em continuar os ataques escancarados as igrejas pentecostais espalhadas por todo o Brasil

A Rede Record apresentará no programa “Domingo Espetacular” do dia 13/11, uma matéria especial sobre um costume das igrejas pentecostais de todo o mundo: o “cair no espírito”.

No vídeo que anuncia a reportagem especial, postado no portal R7, o jornalista Paulo Henrique Amorim afirma que “os repórteres investigaram essa prática misteriosa e polêmica no Brasil e no mundo”, e questiona: “porque elas caem como se estivessem em transe?”.
A Rede Record pertence ao Bispo Edir Macedo, que recentemente comparou os cultos pentecostais a rituais de macumba. A emissora costuma apresentar reportagens investigativas de pessoas ou grupos que de alguma forma, tenham pontos de vistas diferentes dos defendidos pela emissora ou pelos lideres da Igreja Universal do Reino de Deus.
O vídeo que anuncia o programa mostra imagens de cultos em diversas igrejas no Brasil e em outros países, e mostra imagens do polêmico conferencista Benny Hinn em reuniões onde ele conduz os fiéis a “caírem no espírito”.


Pastor leva a “unção da chuva” para Uberlândia que estava há cinco meses na seca.... 08/11/2011


Pastores mineiros tomaram conhecimento do trabalho realizado pelo gaúcho e resolveram convidá-lo para pregar na cidade
Um casal de pastores de Minas Gerais resolveu dar um passo de fé  para tentar inverter o clima da cidade de Uberlândia que estava há cinco meses sem chuva. Ao tomarem conhecimento do trabalho do pastor Joel Engel, o pastor Ramon Fidelis de Souza e sua esposa, pastora Renata Duarte de Souza, da Comunidade Evangélica Ser Livre de Uberlândia resolveram convidá-lo para orar por chuvas na cidade.
Engel, pastor do Rio Grande do Sul que tem trazido um grande avivamento para a região [sic], é conhecido como “o profeta da chuva” e por esse motivo foi contato pelos pastores mineiros para levar essa unção para a cidade.
“Já fazia uns cinco meses que não chovia e como ele é conhecido como profeta da chuva, clamamos ao Senhor para que a mesma unção que o acompanha viesse sobre nós como um sinal da aceitação de Deus sobre as nossas ofertas”, escreveu a pastora em seu blog no dia 31 de outubro comentando sobre a experiência que tiveram.
Renata não cita no texto o dia em que esse contato com o pastor Engel foi feito, mas relata que antes mesmo dele chegar à cidade as chuvas vieram. “E para a glória de Deus no dia 11 de setembro de 2011 choveu… Cinco meses sem chuva e agora uma maravilhosa chuva regava nossa cidade uma chuva temporã, pois não tinha previsão de chuva para este mês, Glória a Jesus!”
O pastor gaúcho chegou na cidade mineira somente no dia 29 de outubro, um dia com temperaturas altas, alcançando cerca de 37º sem demonstrar qualquer resquícios de tempestades, mas enquanto o casal se dirigia para o aeroporto para encontrar Joel Engel o tempo começou a mudar e as chuvas voltaram a cair.
“No caminho para o aeroporto o tempo sobrenaturalmente começou a mudar, nuvens começaram a se formar e quando o Profeta chegou à temperatura já estava outra, fortes ventos e sinais de muitas águas. Entramos no carro e paramos no primeiro posto de combustível de onde dava para avistar a cidade e já chovia na direção Sul, exatamente o local de nossa Igreja, que já estava literalmente neste momento sendo inundada com águas dos Céus.”

"E Ainda há gente que não acredita em milagres"


Site Fonte: Jornal gospel News



MAÇONARIA EVANGÉLICA REUNIDA: Pastores e Deputados Federais João Campos e Daniel Messac(Os lobos mostraram sua face)05/11/20

A maçonaria Evangélica de Goiás (GOEG) sai das tocas do enigmatismo para disputar o ranking da sinceridade. Mais de 60 maçons evangélicos foram iniciados no dia 03 de agosto, Hotel Guanabara, Rio de Janeiro, com direito à cerimônialidades no “Rito Escocês”, sigla referencial(Movimento de Integração dos Evangélicos Maçons) e a entoação de um hino de demonstração sobre a Ordem, intitulado “Somos Um Pelos Laços do Amor”. Quanto amor.

A comemoração foi selada com pronunciamento de incentivo espiritual, por parte de Pastores evangélicos-maçons, citados abaixo, visando fortalecer a prática maçônica no cristianismo como sua harmoniosidade. Um partido de maçons formado somente de evangélicos que não tem medo de mostrar a cara; Falamos de coragem ou desacato proveniente do conformismo deliberado que está no meio cristão(nada mais estarrece o povo). O desafio destes legendários de satanás é convencer a outra grande parte da liderança evangélica, ainda oculta, agir com a mesma sinceridade. Entre os presentes estavam os maçons: Pastor Lindemberg Mendes Viana, da Loja Estrela do Rio Comprido – GOB/RJ que dirigiu o culto, e Klaus Fins que orientou a reunião, na qual foram traçadas metas e objetivos. Os especiais e integrantes da Potência: Deputado Federal João Campos e Deputado Estadual Daniel Messac, que também são líderes evangélicos e políticos do Grande Oriente do Estado de Goiás, estavam lá para dar as “boas vindas” aos aprendizes. Os pastores evangélicos-maçons, João Campos e Daniel Messac, tiveram a honra de receber as considerações de um Grão-Mestre, Barbosa Nunes, recebido no exercício da função.
Pastor Lindemberg Mendes Viana – O que dirigiu o culto maçônico. Diretor de Capelania da OTIB (ordem Federal de Teólogos do Brasil); Professor de Capelania da Fatum Faculdade Teológica Universal; Pastor Presidente do Ministério Ruach; Diretor de Capelania da OTIB-Federal (ordem Federal dos Teólogos do Brasil); Filiado à OMEB (Ordem dos Ministros Evangélicos do Brasil); CGADB (Convenção das Assembléias de Deus do Brasil); COMADERJ (Convenção de Ministros das Assembléia de Deus do Estado do Rio de Janeiro; CIMEB (Convenção Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil); UCEBRAS (União de Capelães Evangélicos do Brasil).
Pastor e Deputado Federal João Campos – Amigão do Bispo Manoel Ferreira. Pastor Assembleiano e Deputado federal pelo (PSDB/GO) líder da FPE (Frente Parlamentar Evangélica). Lembra dele? Defendeu a si próprio e também o líder máximo da Convenção Nacional das Assembléias de Deus no Brasil – Ministério Madureira, Bispo Manoel Ferreira do suposto envolvimento com o reverendo Moon, líder da seita “Igreja da Unificação. Agora está citado no site da Ordem(GOG) como membro político da maçonaria.
Pastor e Deputado Estadual Daniel Messac – Pastor da Igreja Assembléia de Deus Madureira, também está como integrante da maçonaria como evangélico e político do Grande Oriente do Estado de Goiás.


"Haha, os lobos mostram suas faces ensanguentadas pelo pecado, irmãos pelo amor de Deus,eles já não escondem seus propósitos, já não escondem a maldade e a levianidade, abra os seus olhos, eles estão mais pertos de você do que você imagina..Reflita









Fonte: Jornal Gospel News....


Reflexão Cristã: Somos Prósperos !  23/10/2011

Reflexão Cristã: Somos Prósperos !


Deus me fez próspero na terra da minha aflição.  (Gn 41.52.)

Caem as chuvas de verão.  Da janela o poeta contempla a chuva.  E as gotas caem, fustigando a terra.  Mas o poeta vê, em suas imaginações, mais do que a chuva que cai ante os seus olhos.  Ele vê os milhares de flores que em breve irão desabrochar, colorindo a terra e enchendo-a de perfume.  E canta, em seus versos, que para ele não são gotas de chuva, que caem, mas miríades de flores e frutos!
Quem sabe se algum filho de Deus que está sendo açoitado agora, está dizendo em seu coração: “Ó Deus, está chovendo forte sobre mim esta noite.
“Estão chovendo sobre mim provas que parecem ir além da minha capacidade de suportar.  A chuva do desapontamento é forte, destruindo todos os meus planos.  O luto está caindo sobre a minha vida, fazendo meu coração temer e estremecer de tanto sofrimento.  Sim, uma chuva de aflição está caindo sobre mim nestes dias…”
Entretanto, amigo, não é bem assim.  O que há em sua vida não são chuvas de aflições e, sim, de bênçãos.  Basta crermos na Palavra do Pai, e da chuva que nos açoita irão brotar flores espirituais de grande fragrância e beleza, que nunca havíamos conhecido, antes de passar pela tempestade ou pela disciplina de Deus.
Sempre vemos a chuva.  Mas será que vemos também as flores?  Nós sentimos a dor das provações, mas Deus vê a flor da fé que desabrocha na vida.
Nós nos retraímos ante o sofrimento.  Deus, entretanto, vê a terna compaixão por outros sofredores, que está nascendo em nossa alma.
Sentimos o coração estremecer sob a dolorosa separação.  Mas Deus considera o enriquecimento que a dor nos trouxe.
Não é aflição o que recai sobre o crente, mas brandura, compaixão, amor, paciência e mil outras flores e frutos, provenientes do Espírito de Deus, os quais estão trazendo à sua vida um enriquecimento que jamais a prosperidade e o conforto seriam capazes de proporcionar-lhe.
Extarído do Devocional Mananciais no Deserto – Lettie CowMan


Candidato a Presidente afirma que Deus criou os Estados Unidos para dominarem o mundo 20/10/2011


O pré-candidato a presidente dos EUA pelo Partido Republicano, o ex-governador do Estado de Massachussets, Mitt Romney afirmou em discurso, na última sexta-feira, que “Deus não criou esse país para ser uma nação de seguidores”.
O discurso foi feito em um evento na cidade de Charleston, Carolina do Sul, e contou com a presença de partidários de Romney. O tema do evento era política externa e sobre o assunto, Romney afirmou que se fosse necessário, os EUA deveriam ignorar a ONU em busca de sua liderança: “Este tem quer ser um século americano. Num século americano, a América tem a economia mais forte e o maior poder militar do mundo”.
O Partido Republicano escolherá seu candidato à Presidência no primeiro semestre de 2012 e o Estado da Carolina do Sul é um dos primeiros a ter as primárias, que definirão o candidato que concorrerá com Barack Obama, do Partido Democrata, atual presidente.
Mitt Romney possui hoje 46% das intenções de voto, enquanto que o Presidente Obama, possui 42%, em dados de uma pesquisa recente. Ele também lidera a corrida interna no Partido Republicano, com 22% dos votos, contra 17% do empresário Herman Cain e 14% de Rick Perry, Governador do Texas.
Segundo “O Globo”, Romney disse no discurso que Obama enfraqueceu o país e “ao mesmo tempo em que deveríamos trabalhar com outras nações, nós sempre nos reservamos o direito de agir sozinhos para proteger os interesses vitais do país. Quando a América está forte, o mundo fica mais seguro”, encerrou o pré-candidato.



Mais um que deixou a loucura capitalista tomar conta de seu cérebro, que Deus volte logo..

A Paz




Jovens saem da igreja por ser lugar ‘pouco amigável’, revela pesquisa 17/10/2011





Pesquisadores descobriram que a grande maioria, ou 59% dos jovens cristãos abandonam a igreja de forma permanente ou durante um longo período de tempo após completar 15 anos de idade.
A pesquisa foi realizada pelo Grupo Barna, revela que grande parte dos jovens vê a igreja como um lugar pouco amigável e cheio de julgamento, segundo o site Cristianos.
O estudo, que envolveu entrevistas com 1.296 jovens que são ou já foram membros de igrejas, é o resultado de um trabalho de cinco anos reunido no livro “You Lost Me: Why Young Christians are Leaving Church and Rethinking Faith” (Por que os jovens cristãos estão abandonando a Igreja e repensando a fé, em português), escrito pelo atual presidente do Grupo Barna, David Kinnaman.
Os resultados da enquete mostram também que na faixa dos 18 a 29 anos os jovens acreditam que “os Cristãos demonizam tudo que está fora da igreja”; e um terço deles simplesmente acha que “ir à igreja é chato”.
Um dos fatores que vem colaborando para o distanciamento entre os jovens e a igreja é o confronto entre as expectativas religiosas e a experiência sexual dos jovens. Um em cada seis jovens Cristãos afirmam que “cometeram erros e sentiram-se julgados pela igreja por causa deles”.
Enquanto isso, entre os entrevistados católicos, 40% dos jovens entre 18 e 29 anos acreditam que a doutrina de sua igreja em relação à sexualidade e ao controle de natalidade estão “desatualizados”.
Entre os principais fatores que distanciam os jovens da igreja, foram identificados: a atitude superprotetora e exclusivista da igreja, o fato de oferecer uma experiência cristã superficial, visão antagônica à ciência, um lugar em que o sexo é tratado de maneira errada, a não valorização de outros tipos de fé e espiritualidade e a hostilidade que a igreja trata quem não crê no que ela ensina.
De acordo com o site Cristianos, Kinnaman classifica essa evasão dos jovens da igreja como um problema que requer providências urgentes, já que normalmente os jovens saem de casa cedo, vão para a faculdade ou começam logo a trabalhar, casam e têm filhos antes dos 30 anos.
Segundo Kinnarman, as igrejas não estão preparadas para lidar com o ‘novo padrão’ vigente no mundo. “No entanto, o mundo está mudando de maneira significativa, como um acesso cada vez maior ao mundo e a diversas ideologias, em especial por conta da tecnologia, fazendo crescer seu ceticismo em relação a figuras externas de autoridade, incluindo o cristianismo e a Bíblia”, conclui.



Minha opnião  "Acho que não adianta criar uma igreja modernista que pregue a modernidade não a salvação, falta sim AMOR, de fato os jovens carecem disso, portanto o amor é a chave"


Boa noite....Igor................17/10/11






Pessoal o Texto abaixo é muito longo por isso a continuação dele estará no site fonte ok?

Quem diria!!!





Muçulmanos têm visões e sonhos de Jesus e se convertem ao cristianismo  15/10/2011......


Entre africanos muçulmanos, 42% dos novos crentes vem a Cristo através de visões e sonhos
Uma revista da Califórnia publicou recentemente os resultados de uma pesquisa com mais de 600 ex-muçulmanos, que agora seguem Jesus. “Embora os sonhos pareçam desempenhar um papel menor na conversão dos ocidentais, mais de um quarto dos entrevistados ex-muçulmanos enfaticamente confirmam que os sonhos e visões desempenharam um papel vital em sua conversão, e os ajudou em momentos difíceis”, o levantamento afirmou.
Outros têm encontrado o percentual mais elevado. Karel Sanders, um missionário na África do Sul, informou que entre africanos muçulmanos, “42% dos novos crentes vem a Cristo através de visões, sonhos, aparições angelicais e ouvir a voz de Deus.” De acordo com o site “Sexta-Feira Dawn Fax”, que se concentra em relatórios missionários de língua árabe, moderadores explicam experiências sobrenaturais, tais como sonhos, visões e curas através da oração em nome de Jesus. “Este é um tema quente em nossa região. Pessoas de todo o Oriente Médio nos chamam, dizendo como eles foram curados através da oração em nome de Jesus”, citam os missionários. “Ouvintes muçulmanos costumam nos falar sobre sonhos e visões de Jesus, querendo saber o que isso significa para eles.”
O mesmo é contado em “I Dared to call him Father (Me atrevi a chamá-lo de pai)”, um livro fascinante, escrito por uma rica mulher ex-muçulmana paquistanesa chamada Bilquis Sheikh, que veio a Cristo através de uma série de acontecimentos místicos – começando com a presença do mal, que ela sentia, e era ligado ao assassinato recente de um cristão perseguido.
“A estranha sensação espinhosa cresceu dentro de mim enquanto eu caminhava lentamente ao longo dos caminhos de cascalho do meu jardim”, ela escreveu em um livro que acaba de ser relançado. “Eu parei de andar e olhei em volta. Como eu me inclinei para agarrar as hastes verdes, algo passou por minha cabeça, eu me endireitei, atenta. Senti uma névoa… Um frio, úmido. Uma presença profana – tinha flutuado por mim. Claro que não havia nada lá fora. Estaria lá? Como que em resposta, eu senti uma presença, muito real e misteriosa e um toque em minha mão direita.”
Esta experiência levou a uma série de sonhos que – como tantos outros – culminou na conversão da mulher muçulmana.
A Bíblia está repleta de experiências de Deus com o homem através de sonhos. Abraão,  José  do Egito e José, o pai de Jesus são alguns exemplos.
Mas eles também são cruciais no nosso próprio tempo e, no caso da mulher rica, cujo marido tinha sido um general e ministro do Paquistão, eles formaram uma parte importante de sua conversão – se não o mais importante papel. Conforme ela explica neste livro bem escrito (que foi publicado pela primeira vez em 1978), ela havia sido criada na fé muçulmana, que acreditava que, embora Jesus tenha nascido de uma virgem, ele não era o Filho de Deus. Ainda assim, a mulher sentiu-se impulsionada para explorar a Bíblia – e é aí que tudo começou.
Em um sonho, relatou Sheikh, “eu me encontrei jantando com um homem que eu sabia ser Jesus. Ele veio me visitar na minha casa e ficou por dois dias. Ele sentou-se sobre a minha mesa e em paz e alegria jantamos juntos”.
“De repente, o sonho mudou. Agora eu estava no topo de uma montanha com outro homem, João Batista. Ele estava vestido com uma túnica e calçado com sandálias. Como foi que eu misteriosamente sabia seu nome, também? Eu encontrei-me contando a João Batista sobre as minhas visitas recentes com Jesus”. O sonho – peculiar – a levou à pergunta que todos poderiam saber responder (porque até aquele momento, Sheikh ainda não havia chegado ao trecho em que João Batista aparece na história) em sua leitura da Bíblia.
Ela se tornou uma cristã. Existem milhares de outros relatos de ex-muçulmanos. Os relatórios incluíram moradores em lugares como Marrocos.
“Um seguidor de Jesus da Guiné fala sobre uma pessoa de branco que lhe apareceu em sonho, chamando-o de braços abertos”, afirma a publicação da Califórnia.”Esse tipo de sonho, no qual Cristo aparece como uma figura de branco, é um padrão frequente na obra missionária entre os muçulmanos”.
Os exemplos são numerosos. Um muçulmano da Malásia viu seus pais falecidos como convertidos aos cristianismo em um sonho, comemorando no céu. Jesus, com uma túnica branca, lhe disse: “Se você quiser vir a mim, vem!” Ele o fez.
Outro convertido, este novamente a partir do Oriente Médio, disse que ele estava deitado na cama com uma dor de cabeça muito forte. A figura branca com uma aparência maravilhosa, pacífica, apareceu e colocou as mãos sobre sua cabeça três vezes, e na manhã seguinte a dor de cabeça que era incurável até então, havia cessado.
Um homem do oeste da África viu um religioso muçulmano no inferno, e um pobre cristão, que não podia mesmo dar esmolas, no céu. A voz explicou que o ponto decisivo não foi a esmola, mas a fé em Jesus.
Enquanto isso, um trabalho missionário entre os Tausugs, das Filipinas, maior grupo muçulmano daquele país, relata que um número de muçulmanos fiéis “viu Jesus” em seus sonhos após o Ramadã (mês em que os muçulmanos praticam um ritual de jejum). Um homem sonhou com Jesus matando um dragão enorme em um duelo e no dia seguinte teve o mesmo sonho, o que o levou a conhecer o Evangelho.
Um membro do povoado Yakan, na Província Basilan sonhou que o Profeta Maomé não podia olhar para Jesus no olho. Quando ele disse a seu primo, um cristão, do sonho, seu primo lhe disse que o sonho significava que Jesus é maior do que Maomé.
Há histórias de guerra espiritual. Há relatos da Turquia. Há histórias de curas milagrosas. Há histórias do Iraque. Uma equipe que pertencem aos “Atletas em Ação”, um movimento de atletas missionários, relatou a partir de sua visita às repúblicas da Ásia Central do Turcomenistão e Quirguistão, que “uma das experiências mais interessantes da viagem foi ouvir um grande número de pessoas dizendo como eles tornaram-se cristãos”. Anteriormente, eles haviam sido ateus ou muçulmanos. Alguns contara como Deus havia falado com eles em sonhos. Outros disseram que tiveram dores de cabeça por dias depois de ouvir sobre Cristo. Logo que decidiram tornar-se cristãos, a dor de cabeça havia passado. Uma mulher disse que na noite em que ouviu falar de Jesus, nada aconteceu até que ela foi dormir. Enquanto ela dormia, ela teve um sonho terrível, no qual uma figura satânica disse a ela “Você nunca vai escapar de mim”, porém agora ela também se tornou uma cristã.
Existem inúmeros relatos de que muitos dos Berberes que vivem nas montanhas da Argélia estão vindo a Cristo através de sonhos e visões semelhantes, formando células e igrejas, em sua maioria subterrânea. Ahmed Ait Ben Youcef, um berbere nativo que atualmente vive no exterior, disse que encontrou Cristo no caminho que parece típico para berberes islâmicos anteriormente: “nós berberes sempre acreditamos em Deus, mas muitos o procuram à sua própria maneira, sob a pressão dos árabes islâmicos. Jovens ansiavam pelo caminho certo para nossas vidas e oravam a Deus para orientação. Um dos meus amigos morreu em um acidente de trânsito.



"Continua no site fonte : http://jornalgospelnews.com.br/2011/10/15/muculmanos-tem-visoes-e-sonhos-de-jesus-e-se-convertem-ao-cristianismo/ ......


Obrigado e até mais...






13/10/11 -- Após pressão e insistência da bancada evangélica, o “Estatuto da Juventude” é alteradoO ‘Estatuto da Juventude’ era pra ter sido votado durante a noite de terça-feira (4 de outubro), no entanto, a bancada evangélica resolveu se manifestar e pressionou até que os textos fossem alterados e este só foi aprovado na tarde de ontem (5 de outubro), quando a relatora cedeu às reivindicações. O estatuto ainda necessita passar pela aprovação do Senado, para que este se torne lei, segundo informações da coluna do jornalista Reinaldo Azevedo – “Veja”.A oposição da bancada evangélica se deu devido a parte do texto que abordava os direitos relacionados à igualdade na orientação sexual e da inclusão de assuntos relacionados à sexualidade nos currículos escolares, então a deputada Manuela d’Ávila resolveu acrescentar no texto que a inclusão de tais temáticas sobre sexualidade, deverá respeitar “a diversidade de valores e crenças”.

Referente aos professores e a sua capacitação para abordar questões sobre discriminação de gênero e opção sexual, o texto findou por ficar mais abrangente, pois os mesmos tratarão do assunto de uma forma ampla, falando de todos os tipos de preconceitos. Segundo Manuela, estas alterações não interferem no primeiro texto, pois de qualquer forma garantirá a não discriminação a um jovem por sua orientação sexual.
Em sua coluna, Reinaldo Azevedo, astuciosamente relata: “Caramba! Não fosse a bancada evangélica, e a “diversidade de valores e crenças” não estaria devidamente assegurada. Não é mesmo fenomenal? Atenção! A heterossexualidade, condição, estima-se, de pelo menos 90% dos estudantes, passou a ser uma espécie de exceção protegida em lei. Chegamos lá! (…). Segundo entendi, ninguém será discriminado por ser heterossexual. Que bom! Não pensem que a coisa pára aí, não! Uma estrovenga como essa supõe a criação de um comissariado mesmo (…).”


Fonte e mais notícias aqui ; http://jornalgospelnews.com.br/  ....






12/10/2011 ---  Igreja, pais e o ministério infantil



 Jesus, em vários momentos da Bíblia, valorizou e deu grande importância às crianças (Mt 18.1-5; Mc 10.14). Ele disse também (João 21.15) para Simão Pedro apascentar, instruir, doutrinar os seus cordeiros… ou seja, as crianças, já que cordeiro é o filho ainda novo da ovelha.
Mas o que vemos hoje é que as crianças têm sido mais instruídas e valorizadas pelo mundo, que como sabemos jaz no maligno e o que é mais preocupante é que elas não têm sido apascentadas por muitos pais e igrejas.
Em muitas igrejas as crianças são deixadas em segundo plano. A igreja investe em missionários, seminaristas, músicos, mas não em líderes e professores para o ministério infantil e também não há critério algum para escolha daquelas pessoas que estarão pastoreando o coração de nossas crianças e não apenas trabalhando como babás, como muitos pensam.
Trabalhar com crianças, como em outros ministérios, requer chamado e unção de Deus e também preparo, pois temos que ter plena consciência de que quando trabalhamos com crianças estamos não só influenciando vidas, mas ajudando a formá-las. Pastorear as crianças é assunto sério, pois Jesus nos alerta em Mateus 18.6 para não fazermos tropeçar nenhum dos pequeninos.
O que percebemos é que falta interesse e apoio de muitos pais, que se preocupam apenas com sua vida espiritual e que não valorizam o ministério infantil, achando que ele existe apenas para que eles consigam assistir o culto sem serem incomodados. Em virtude disto, não cobram de seus líderes, não sabem quem está pastoreando seu filho e nem sabe o que o ministério infantil faz quando está com as crianças e do que o ministério precisa para realizar seu trabalho.
Os pais precisam abraçar, participar, se envolver nas atividades do ministério infantil de sua igreja, pois a desatenção dos pais em relação à vida espiritual do seu filho vem abrindo brechas para ação de satanás.
A Igreja precisa valorizar e investir na estrutura da igreja para receber as crianças e também em seus líderes e professores e rever seus conceitos e valores em relação ao ministério infantil que é tão especial e fundamental para a Igreja de Cristo, pois fazendo uma reflexão, é mais fácil “construir” uma criança nos caminhos do Senhor do que “reformar” um adulto.
Por: Dra. Liana Cristina M. Carneiro Costa






10/10/2011 Pastor Silas Malafaia Defenderá Dia do Orgulho Hétero na câmara:



No dia 18 de Outubro, será realizada pela Comissão de Constituição e Justiça, na Câmara dos Deputados, uma audiência pública para debater a criação do Dia do Orgulho Heterossexual. O Deputado afirma que “daqui a pouco os heterossexuais se transformarão pela propaganda midiática em reacionários e nós queremos ter nossa opção pela família sendo alardeada com orgulho”.
A proposta apresentada pelo Deputado evangélico Eduardo Cunha (PMDB-RJ) prevê que a data seja comemorada no 3º Domingo de Dezembro. O Deputado afirmou ainda que convidará para a audiência o Pastor Silas Malafaia e outros líderes evangélicos, além de ativistas gays, para que a proposta seja discutida por todos os setores da sociedade.
Segundo o site G1, o projeto havia sido apresentado anteriormente, porém o Presidente da Câmara, Deputado Marco Maia (PT-RS) havia rejeitado o projeto. No último dia 02/08, Cunha apresentou recurso, afirmando que “a apresentação de proposições legislativas constitui direito do parlamentar”. O Deputado afirma ainda que a proposta do Dia do Orgulho Heterossexual pretende reforçar os ideais da família, afirmando que os ativistas dos direitos dos homossexuais “querem transformar o combate à discriminação em uma ideologia. Precisamos debater esta questão. Por isso solicitei a realização de audiência pública”, disse Cunha.
Em sua justificativa para o projeto de lei, Cunha descreve a ideia como forma de equilibrar os debates e reforçar que não é errado sentir orgulho de ser hetero e defender os valores da família. “A “proposta visa resguardar direitos e garantias aos heterossexuais de se manifestarem e terem a prerrogativa de se orgulharem do mesmo e não serem discriminados por isso”.

Fonte: Jornal Gospel News

Comentem...........






Follow by Email

 
Ocorreu um erro neste gadget

Me segue?